Perdas: vida que se transforma


Faço aqui uma reflexão relacionado a uma conversa que tive sobre:  por que perdemos (pessoas ou coisas) se na verdade não/nunca a possuímos?

Quando falamos em perda fica a sensação de posse, meu namorado, meu amigo, meu carro, meu dinheiro. A dor da perda provém da falsa sensação de posse do ego.

Sentimento de perda são reconhecidos como uma ilusão. A vida é transitória e cíclica, se renova e transforma constantemente. Vida-morte-vida.

As perdas na verdade são mais uma chance dada a você para se renovar e reinventar. Fazê-lo despertar de algo ou algum conceito muito maior daquilo que se perdeu.

Parafraseando Lavoisier: ” Na vida-natureza nada se perde, tudo se transforma”.

Publicado por

Camila Moreira

Mulher, ama o conhecimento, o saber e a natureza. Formada em química, massoterapia e seu novo encontro com o Sagrado através da aromaterapia. Uma apaixonada pelas terapias alternativas e complementares e bem como pelas "logias" da vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s