Você não combina mais com meu batom e nem com o meu vestido hoje…


Ela tinha uma paixão de adolescência. Seu amor era imenso mas nunca tivera a coragem de falar o que sentia.

Era amiga dele, tinham amizade mas nunca esboçou um interesse real sobre ela, achava até que era feia para ele.
Decidiu cuidar da vida, já que era “desastrada” com este negócio de amor e paixão.
Estudou, viajou e conheceu diversas culturas. Seu sonho era escrever livros.
Escreveu seu primeiro livro sobre a vida de dois amigos que se vestiam de mulher e iam a casa de pessoas doentes que precisavam de alegria, de um conforto no coração e depois iam embora com a certeza de dever cumprido e muitas histórias engraçadas a contar. 
Ganhou prêmios pelo seu livro, viajou para vários lugares para divulgar o seu trabalho e lançou outros mais livros e livros para o mundo.
Um dia retornou a sua cidade natal. Foi convidada para divulgar seu novo livro sobre amor e relacionamentos numa livraria local.
Neste evento, em poucas palavras, falou sobre o amor e todas as pessoas a aplaudiram de pé.
Foi no meio da multidão que ela reconheceu aquele rosto, todas a lembranças do passado vieram a tona, seu coração acelerou e bateu na boca. 
Era ele! Estava ali, presente, batendo palmas e olhando com um sorriso no rosto. Ela sorriu meio entorpecida como uma avalanche de sentimentos.
E lá estava ele, vindo em sua direção, obviamente para cumprimentá-la e dizer como ela havia mudado e ficado bonita. 
Neste mesmo instante, uma moça o abraçou e seguiram até ela. Seu coração parou naquele instante tão desconcertante. Ele apresentou a namorada e conversaram felicitando sucesso e aquilo foi suficiente para deixa-la com os sentimentos estranhos e confusos.
Saiu daquele local abalada, com um misto de alegria e decepção. Bateu-lhe uma solidão pois desde da época da faculdade nunca tivera “tempo” para namorar ou pensar sobre isso. Foram poucos romances, rápidos e não tão profundos. Era a melhor conselheira amorosa de suas amigas e imaginava que acertaria na escolha de seu parceiro.
Imediatamente suas fichas caíram, estava sozinha a anos! Nunca tinha amado alguém de verdade, somente ele em seu passado.
Passou alguns dias em sua cidade, relembrando sua infância e sua juventude. Já era uma mulher e precisava pensar na possibilidade de conviver com um companheiro e compartilhar sua vida.
Numa tarde estava tomando café quando sua antiga paixão chega. Senta-se ao lado dela, ficam numa conversa gostosa e animada. Ela percebeu que ele a encarava de forma diferente.
Antes que escurecesse decidiu ir embora quando descendo as escadarias do café, ele sai e a chama de volta. Dá um longo suspiro e diz que desde a adolescência jamais a esquecera, sempre a amou em segredo e jamais teve coragem de dizer. Disse que quando ela foi embora sofreu muito, sentia sua falta, das conversas e do contato. Os anos se passaram e jamais pode esquecer o sentimento que tinha mas decidiu passar por cima e viver.
Neste instante ele se aproximou dela, olhou-a nos olhos e lhe deu um beijo longo como se nunca tivesse beijado alguém. 
Obviamente ela correspondeu ao sentimento, ao desejo e ao beijo, mas algo havia mudado. E novamente as “fichas” foram caindo.
O beijo acabou com a sensação de querer de novo. Fitou-o por uns instantes com um sorriso disfarçado nos lábios. Coçou a cabeça, olhou para os lados e para o chão e disse:
– Agradeço por declarar isso. Amei-o na mesma intensidade e o mesmo ocorreu comigo, a timidez. 
– Então, acredita que podemos dar andamento a este sentimento? – perguntou ele, feliz em saber da reciprocidade.
– Hum… quer saber a real? Acho que você não combina mais com meu batom e nem com o meu vestido hoje. 
Virou as costas, sorriu e andou pelas ruas, sentindo-se leve, pois a sua vida e sua liberdade eram maiores que aquele amor. Ela tinha aprendido a se amar durante todos estes anos e aquele amor já era algo velho que sua consciência a unia ao passado inseguro e tímido. Ela era uma nova pessoa e o velho já não a atraía mais.
Por Camilla Murer
(07/06/14)

Publicado por

Camila Moreira

Mulher, ama o conhecimento, o saber e a natureza. Formada em química, massoterapia e seu novo encontro com o Sagrado através da aromaterapia. Uma apaixonada pelas terapias alternativas e complementares e bem como pelas "logias" da vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s