Um dia de paixão


Você buscou-me em meu recanto
De forma despretensiosa
Assim nos locomovemos pela caminho
E fomos para um ninho
Nós brincamos e nos reconhecemos ali
Dentre sorrisos e olhares
Começamos com uma massagem,
depois fomos para um simples olhar
Deitamos um ao lado do outro
Olhando para o teto da sala
Você me abraçou quente e senti seu ar arfar
Meu corpo estremeceu ao seu toque
Não resisti a sua tentação
Abraçou-me e beijou-me a nuca
E começamos a nos acariciar
Ficamos nus diante do espelho
E você me pós a debruçar
Arrancou todos os meus desejos
Num beijo a acalentar
Juntou-se a mim em puro delírio
Nossos corpos se colocaram a movimentar
Nossas bocas não ficavam mais caladas
E começou a me comandar
Fez-me sentar-me, deitar-me, abrir-me
Desposando-me de todas as maneiras possíveis
Até as mais quietas e insanas de minha alma
Parecia que ao mesmo tempo
Que nossos corpos se desejavam,
Nossas almas também nos queriam
Nossas mãos se tocavam procurando
Nossas bocas nos chamavam
E nos explodimos num tesão frenético
Senti toda energia
Subir pelo meu corpo
Naquele momento éramos um
Estávamos unidos novamente
Relembrando um passado
Ou uma vida que passou

Publicado por

Camila Moreira

Mulher, ama o conhecimento, o saber e a natureza. Formada em química, massoterapia e seu novo encontro com o Sagrado através da aromaterapia. Uma apaixonada pelas terapias alternativas e complementares e bem como pelas "logias" da vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s