Uma conversa sobre aquietar a mente…


Este texto foi uma conversa via e-mail que tive com uma amiga que precisava de uma ajuda, uma explicação sobre alguns fatos.
Gostaria de compartilhar com vocês um pouco sobre isso.
E-mail do dia 25/02/2008:
Pergunta:
(…)
Camilla, às vezes me sinto tão estranha, já pensei várias vezes em fazer Yoga, eu queria aprender a lidar com os meus sentimentos.
Nem sei o por que estou falando isso pra você,  talvez porque vc me inspira confiança.
Da única coisa que sei é que eu gosto muito de você.
Fica com Deus e tenha um bom dia ok.
Alana*
Resposta minha:
Fofinha, todos nós temos algumas dificuldades para enfrentarmos. No entanto, estamos aqui para aprender.
Se você quer ter controle sobre seus sentimentos é necessário que se observe melhor. Como há aquela velha máxima da bíblia: “Orai e vigiai…”  é a necessidade de orar, pedir iluminação, respirar fundo e relaxar. Afinal estamos aqui para sermos felizes!
Se seu problema for quanto à insegurança, tente confiar mais em vc e nas coisas que vem de vc. Pois o Divino mora dentro de todos nós, e não fora, onde as pessoas acham que está.
Às vezes dizemos que não temos tempo para aquietar a mente, que é um fator triunfal, pois na maioria dos casos onde não controlamos nossos pensamentos/sentimentos, nossa mente se torna reativa, então respondemos tudo ao pé da letra, talvez com grosserias, sem ter uma pausa necessária para ouvir, parar para pensar e analisar, isso é comum.
O Yoga ajuda em muitas coisas como o físico, mental e espiritual. Ajuda quanto à concentração, respiração e a observação de nós mesmos. Eu mesma estou aprendendo muito.
Aconselharia sim para as pessoas fazerem, desde que seja um local sério onde o interesse não seja meramente comercial.
Não sei o que te escrevi ajuda, pois não sei qual o “real” problema quanto ao controle dos seus sentimentos, mas se um dia quiser desabafar alguma coisa e eu puder te ajudar pode contar comigo.
Só dá um alô por e-mail.
Um bjo, fica com Deus e se acalma!
Lembre-se: Deus mora no seu coração e Ele quer te ver feliz!”
Novo comentário de Alana:
Camilla, você é linda!
Obrigada pelas suas palavras veio a calhar.
Você falou de observar-me melhor, mas como ?????
Você também comentou de uma coisa que eu gostaria muito de fazer, aquietar a minha mente.
Quanto a insegurança na maioria das parece que ela é minha companheira constante apesar da minha idade.
Querida não é só na vida profissional é na vida pessoal também, nesse final de semana vi aquele documentário “O SEGREDO” , vou me lembrar cada vez que tiver pensamentos ruins.
Obrigada, obrigada de verdade filha, até parece que você tinha uma bolinha de cristal e sabia me responder o que eu não perguntava.
Tenha uma ótima tarde.
Alana
Resposta minha:
Fofa,
O Segredo tem ótimas oportunidades de aprendermos com as Leis Universais.
A nossa insegurança vem quando não estamos centrados com a mente e o nosso coração.
Observar-se é quando começa a perceber que você tem tido atitudes, pensamentos e palavras repetitivos inconscientemente. No nosso dia-a-dia, é exatamente aquilo que criamos no dia de ontem, ou seja, eu repeti determinada situação.
Por exemplo: vou ao ponto de ônibus e, todos os dias, vejo uma mulher que fica reclamando da vida e eu não agüento mais isso, mas também não faço nada para mudar. E esta situação se repete e aqueles sentimentos de ficar ouvindo ela reclamar continuam e eu fico relembrando disso todos os dias antes de ir ao ponto.
Até que chega um momento que paro e penso: “Poxa, preciso fazer alguma coisa para mudar isso!”
O melhor a fazer nestes casos é imaginar uma situação diferente. Visualizar a mulher falando coisas boas, alegres e bonitas da vida, ela de bom humor, com seus problemas resolvidos, etc. E para que estas visualizações funcionem é preciso que seja uma prática constante pois não é de uma hora para outra que isso muda.
Pois se todos os dias eu imaginar que irei no ponto ouvir esta mulher elas vão se repetir sempre, sempre e sempre.
Como no filme do Segredo, perdemos muito tempo pensando em nossos medos, nas coisas horríveis que nos poderia acontecer, situações, pessoas, etc., e acabamos atraindo isso exatamente por termos dispersado nossa energia criadora nestas situações ao invés de termos criados uma realidade apaziguadora e feliz.
Tudo na nossa vida, toda a realidade que nos circunda é criação de nossa mente. Maya ou ilusão para os budistas.   
Quando digo aquietar a mente é simplesmente relaxar, livrar a mente daqueles burburinhos e vozes que ficam nos dizendo o que pode e o que não pode.
É quando nos sentamos, fechamos os olhos e sentimos apenas o coração batendo. É um momento onde não há pensamentos, não há nada na mente, simplesmente único…. apenas o vazio pleno de magnitude do teu ser…
Só conseguimos ficar neste estágio quando relaxamos o corpo, nos rendemos ao mergulho para dentro de nosso ser e a mente vai junto.
Vou dar uma dica, quando estiver em casa, tente tomar aquele banho relaxante, esquecendo de todos os problemas que tem.
Depois deite-se na sua cama e relaxe o corpo todo. Imagine-se assim flutuando enquanto estiver deitada.
Imagine que está deitada sobre uma nuvem, tranqüila, sentindo a brisa bater em seu rosto, seu corpo, o frescor, o cheiro, a textura…
Sinta seu corpo pesado e afundando nas nuvens. Leve mesmo…
Daí você começa a aquietar a mente, imaginando que aquelas “falas” entram numa bola de luz branca dentro da tua cabeça e vai aumentando de tamanho conforme elas entram. Uma luz branca grande e intensa e permita-se ficar assim por vários minutos.
Permita-se este tempo e relaxe, sinta a beleza do Divino dentro de você …
Muitas vezes faço isso, traz ótimos resultados, vale a pena tentar!  
Espero que isso sirva de explicação para você entender melhor. Se tiver dúvidas pergunte… rs.
Um bjo.
*Nomes Fictícios

Publicado por

Camila Moreira

Mulher, ama o conhecimento, o saber e a natureza. Formada em química, massoterapia e seu novo encontro com o Sagrado através da aromaterapia. Uma apaixonada pelas terapias alternativas e complementares e bem como pelas "logias" da vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s