Desejos de uma mulher ardente


Queria neste momento lhe dizer diversas coisas, mas necessito primeiramente vê-lo. Venha vestido do jeito que quiser ou se não, de tênis, calça jeans e camiseta. Pode até ser um terno pois, talvez, não seja necessário. O que eu quero está além disso.
Quando você chegar, quero apenas olhar nos seus olhos e me arder de desejo e sentir que seu desejo é o mesmo que o meu. Olhar para dentro da alma e dizer: ” Olá, coisa mais linda, posso entrar ?”.
E sem exitar, puxo-o contra meu corpo, com pouca roupa, calcinha ou sutiã, talvez um babydoll sexy ou da forma que preferir, grudar em minhas coxas quentes, e com os olhos e a boca cheios de desejos e assim, beijá-lo sem receio, sem escrúpulos.
Fechar a porta com força, vir te puxando pelo colarinho, beijando-o, sugando-o até o local mais aconchegante possível.
Desejo sua boca inteira, seu desejo intenso, sua mordida, seu gosto, seu cheiro, seus olhos, seu corpo inteiro.
Despir-te todo, ver seu corpo nu, sua pele clara, seu peito cheio, suas costas largas e seus braços me envolvendo toda, suas mãos grandes perdidas no espaço de minhas esculturas.
Desnuda também sua alma, ouço dizer: ” Linda, maravilhosa, te desejo, deliciosa…” – Ou senão: ” Você é só minha…” – Um sussurro : ” Você me deixa louco…” – ou ainda não dizer absolutamente nada, somente olhe nos meus olhos, sinta-me, enlouqueça-me, desnude-me também.
Perder-me em sua nudez, no seu peito, nas suas costas largas. Morder, arranhar e rabiscar marcas sobre a pele que se deseja.
Joga-me sobre o sofá, a cama, o tapete ou em qualquer lugar. Tire a minha roupa e veja o que é belo. Perca-se sobre minha pele, meu pescoço, meus seios (sim!), minha barriga… puxe minha calcinha, faça-a descer até o chão.
Puxe-me contra seu corpo, fazendo nos tornar um, beije-me loucamente pegando pelos meus cabelos, sentindo a respiração frenética de dois corpos apaixonados…
Digo-lhe: ” Sou só sua, o que quiser que seja, enlouqueça-me , me amarre em seus braços… “
Amarmos loucamente, enfurecidos pelo desejo, pelo ardor de uma paixão. Deixar o calor dos corpos transpassar as paredes do quarto, fazer o desejo fluir a fora, a noite …
Camilla M. (18/01/2007)

Publicado por

Camila Moreira

Mulher, ama o conhecimento, o saber e a natureza. Formada em química, massoterapia e seu novo encontro com o Sagrado através da aromaterapia. Uma apaixonada pelas terapias alternativas e complementares e bem como pelas "logias" da vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s