Poesia de CORA CORALINA (1889-1985)


Eu Creio

 

Creio nos valores humanos e sou a mulher terra.

 

Creio em Garça e na sua gente.

Creio na força do trabalho como elo e trança do pregresso.

 

Acredito numa energia imanente

que virá um dia ligar a família humana numa corrente de fraternidade universal.

 

Creio na salvação dos abandonados

e na regeneração dos encaecerados,

pela exaltação e dignidade do trabalho.

 

Exalto o passado, o presente e o futuro de Garça

no valor de sua gente,

no seu poder de construção.

 

Acredito nos jovens à procura de caminhos novos

abrindo espaços largos na vida.

 

Creio na superação das incertezas

deste fim de século.

 

CORA CORALINA (1889-1985)

Anúncios

4 comentários em “Poesia de CORA CORALINA (1889-1985)

  1. TBEM CREIO NESSA SUPERAÇÃO…Q UM DIA POSSO VER AINDA TDO SENDO TRANFORMADO.

  2. eu achei a poesia interessante pois ela se trata de uma mulher que cree nos valores humanos,o que poucas pessoas fazem.
    Cora Coralina acredita na superação das pessoas pobres e fracas e ajuda as pessoa seguir em frente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s