Relacionamentos e Silêncio


Talvez fosse mais conveniente afastar-me de todos os aborrecimentos provocados pelos relacionamentos no trabalho e partir para a sonhada casa de campo. Mas como poderia medir meu progresso se os testes ocorrem justamente nas interações?
Na jornada pessoal aquele que me difama é tão importante quanto aquele que me incentiva.

A convivência está repleta de cortes e lapidações que, vistos com olhos positivos, me fazem brilhar a ponto de receber aplausos do próprio cosmos.

Vivemos um paradoxo. Ao consumir a avalanche de informações a que somos submetidos, nos tornamos mais vazios. Vamos perdendo a capacidade de discriminar o que queremos e o que não queremos deixar entrar na privacidade mental.
O ruído provocado pelo excesso de informação esconde o chamado da alma.
Se queremos realmente nos preencher, precisamos inserir momentos de silêncio em nossas agendas.

Apreciar o silêncio é apreciar a si. Distanciar-se do silêncio é distanciar-se de si.

http://www.bkumaris.com.br

Anúncios

2 comentários em “Relacionamentos e Silêncio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s