Canalização de Metraton, por Tyberonn


O CRISTAL DE OM DE SHASTA
Uma mensagem de Metatron canalizada por Tyberonn,
27 de junho de 2008

Saudações, queridos! Eu sou Metatron, Senhor da Luz. E então vamos falar mais uma vez sobre Shasta. Realmente a sua importância é equivalente à da expansão do Campo Cristalino.

Agora, muito abaixo do maciço expandido do mega portal que é Shasta, encontra-se um impressionante cristal da Atlântida, um cristal de origem arturiana. Ele brilha num matiz prateado de argentum, emitindo uma freqüência de platina cristalina e ouro etérico. Antigamente ele se encontrava no grande Templo do Uno, na ilha atlante de Poseida, e era oficialmente chamado de Cristal de Om. O sacerdote-cientista , o Atla-Ra, referia-se a ele como o Cristal da Multidimensionalida de. Realmente, este cristal senciente é onipotente na sua freqüência e contém, na sua liga de platina, ouro e hiper-quartzo, a capacidade de dobrar, concentrar e amplificar aquilo que vocês chamam de luz, espaço e tempo.

O RAIO PLATINA

O Cristal de Om atrai para si e emite aquilo que é chamado de Raio Platina, um facho energético onipotente de ressonância multidimensional. O Raio Platina é essencial para o equilíbrio da Ascensão que se aproxima. Ele contém, na sua freqüência, a Verdade Universal, a Verdade multidimensional que se expande e migra para todos os aspectos do Cosmos. Ele possui o toque nutridor da freqüência feminina, embora, na verdade, ele seja o equilíbrio absoluto entre as vibrações feminina e masculina. O Raio Platina é um raio de unidade e equilíbrio que realmente reduz o diferencial entre os aspectos direito e esquerdo do cérebro. Ele unifica a consciência e ajuda a criar uma grande sincronicidade da mente dentro da dualidade.

O magnífico Cristal de Om é um dos nove enormes e potentes cristais de Templos, que foram salvos do dilúvio de Atlântida, antes da queda e quebra do satélite esférico cristalino, chamado de segunda lua de Atlântida. O Cristal de Om era e é o mais complexo de todos os Cristais atlantes, igualado apenas pelo grande satélite cristalino nas suas capacidades onipotentes e complexidade técnica. Realmente era o mais valorizado e o primeiro dos magníficos cristais de Templo a ser procurado e re-locado, nos caóticos dias finais de Atlântida.

O CRISTAL DE OM

Os mestres em cristais de Arctúrio construíram e moldaram o Cristal de Om num processo alquímico que envolve um conglomerado líquido de quartzo e diamante sintetizados, denominado hiper-quartzo, fundido com platina cristalina, ouro e mercúrio, formando uma liga clara prateada. O composto vivo era infundido com força vital e manifestado em uma forma geométrica deslumbrante, cuja estrutura cristalina abrangia a espiral dourada de tudo o que está contido no Cosmos Metatrônico. Conseqüentemente, ele está em oscilação harmônica com todas as dimensões, todos os universos, e todos os paralelos no Cosmos. Ele age tanto nos sistemas de vida baseados no carbono, quanto em sistemas bio-plasmáticos, ligando matéria e antimatéria e existindo como ambas. Possui 144 faces moldadas em igual quantidade de entalhes côncavos e convexos ao redor da circunferência do seu comprimento cilíndrico. Seus pontos duplos formam um ângulo exato de 51,8 graus. Este ângulo específico é realmente significativo e foi usado na construção da Grande Pirâmide. Na verdade, esta pirâmide representa a freqüência do plano da Terra e foi destinada a ser uma representação da Terra esférica, sendo que sua altura corresponde ao raio que liga o centro da Terra ao Pólo Norte e seu perímetro corresponde à circunferência da Terra no Equador.

O número 144 também é uma freqüência muito complexa. Representa o código contido na espiral áurea de todas as unidades básicas geométricas, chamadas átomos, no seu universo. A matriz do seu universo contém uma constante geométrica que sempre existiu. Ela se expande e contrai, tanto na matéria quanto na antimatéria, em medidas regulares. A própria geometria produz uma qualidade tonal distinta, que é afinada pelas proporções matemáticas de todas as esferas celestes.


 

O PHI ÁUREO

A proporção áurea é uma constante que oferece a chave para o Cosmos; ela contém a ressonância vibratória de toda a matéria, e realmente impulsiona a entrada para as dimensões paralelas e os planos de antimatéria. Seus próprios cientistas provaram, viram e experienciaram, que o desenvolvimento, de forma fractal, da espiral de phi áureo é um padrão geométrico que se repete em todas as escalas, desde uma célula até uma estrela. Dito de forma simples, a proporção áurea se dá onde a proporção entre o pequeno e o grande é igual à proporção entre o grande e o todo. Assim é no seu universo. A regra ‘assim como é em cima, é embaixo’ aplica-se aqui. Isto oferece muitos portais que ainda não foram explorados no seu nível de conhecimento atual.

O grande Cristal de Om, sob o portal matriz de Shasta, incorpora o segmento áureo e a freqüência universal. Isto acontece devido à ressonância da sua lapidação intrincada e design dos seus ângulos. Ele existe no agora e está contido naquilo que vocês chamam de passado e futuro. Podem imaginar isto? Do seu ponto de referência, isto se dá em grande intensidade, pela utilização do segmento áureo e sua freqüência vibratória.

Agora, como vocês sabem, o plano terreno, o seu planeta, é um vetor focal específico para a consciência. No seu nível, vocês pensam que seu planeta está dividido em áreas de terra e água, continentes e oceanos. As faculdades perceptivas da humanidade – a sua consciência – estão sintonizadas em freqüências de percepção que lhes dão essa impressão. Mas de uma perspectiva Metatrônica, seu planeta também é facetado em estruturas de áreas de tempo e probabilidade, denominadas paralelos. Então, todo tempo, todos os paralelos co-existem numa realidade maior. Deste modo, todas as suas épocas, todas as suas eras, todos as suas diversas civilizações co-existem ao mesmo tempo. Na verdade, sob esta perspectiva incrível, o tempo é simultâneo, de modo que todas as eras da história da Terra estão incrustadas no tempo e existem claramente no eterno AGORA junto com o seu vetor de tempo atual. No segmento áureo, dentro daquilo que vocês chamam de portais, existem certas fendas, certas aberturas que permitem o movimento. O Cristal de Om é capaz de penetra-las e aproveitar sua utilidade.

No sentido mais verdadeiro, o seu agora, o seu momento presente é uma plataforma psicológica. Isto é verdade, independente de vocês entenderem o conceito ou não, e sabemos que isto é um salto enorme de entendimento. Aceitem-no como um axioma, e ele realmente os ajudará a conseguir entender a sua verdadeira natureza multidimensional.


 

A REDE CRISTALINA

O Cristal de Om, em sua construção e utilidade, era claramente o mais complexo de todos os magníficos cristais de Templo de Atlântida. Com isto não quero dizer que os outros cristais atlantes não tivessem enorme capacidade, complexidade e propósito, pois eles realmente têm. Nós lhes dissemos que nove cristais utilitários dos Templos atlantes, espécimes deslumbrantes da construção Arcturiana e Síriana, foram transportados através da faculdade hiper-dimensional do sistema de túneis internos da Terra e re-locados em áreas específicas escolhidas. Também lhes dissemos que o Cristal Azul do Conhecimento, localizado no Vórtice Cristalino de Arkansas, EUA, seria o primeiro a ser ativado. De fato, ele começou a ser reativado e uma primeira camada irrompeu com aproximadamente 25% do seu poder, no solstício de junho de 2008. Agora lhes dizemos que, na data-portal de freqüência tripla 8-8-8, ele retomará a metade da sua força e, assim fazendo, também impelirá a Grade Cristalina 144 para dois terços de sua funcionalidade. A ativação 8-8-8 do Cristal Azul disparará uma onda seqüencial de rede energética axiotonal para os outros oito. Quatro destes estão programados para serem ativados no 9-9-9, nove de setembro de 2009. São eles: o Cristal Om de Multidimensionalida de em Shasta, o Cristal Esmeralda da Cura em Arkansas, EUA, o Cristal Dourado da Cura e Regeneração no Brasil, e o Cristal Sol-Lua no Lago Titicaca.

Na verdade, o que pode ser chamado de Rede Cristalina está sintonizado com a ativação da Grade 144 e se correlaciona com a função do chamado Disco Solar Dourado. O cronograma de ativação é o seguinte:

Arkansas:

Cristal Azul do Conhecimento 8-8-8
Cristal Esmeralda da Cura 9-9-9
Cristal Platina da Comunicação 11-11-11

Bimini Bank:

Cristal Rubi Fogo de Energia 12-12-12

Brasil:

Cristal Dourado da Cura e Regeneração 9-9-9 (Minas Gerais)
Cristal Violeta do Som 10-10-10 (Bahia)

Monte Shasta:

Cristal Om da Multidimensionalida de 9-9-9

Lago Titicaca, Tiajuanaco, Bolivia:

Cristal Sol-Lua da Luz 9-9-9
Cristal de Thoth 12-12-12

O TEMPLO ATLANTE DO UNO

Perto do Templo do Uno, existia o que se pode chamar de centro de aprendizados avançados, uma universidade exclusiva, de várias matérias, para a seleção dos iniciados entre os sacerdotes cientistas. Era chamada Atla-Ruum. Ruum é uma palavra da semântica sagrada freqüencial da raça Atlante Dourada, um termo que significa ‘Escola de Iniciação de Mistério’. As qualidades tonais deste termo abrirão as memórias de vários de vocês que estiveram entre os Poseidanos, especialmente daqueles que estiveram entre os Atla-Ra. Esta escola de sabedoria ensinava matemática avançada, física, geometria sagrada, geometria hiper-dimensional, química cristalina, alquimia, dinâmica da energia, bem como disciplinas relacionadas com viagem astral e conquista da multidimensionalida de. A maior parte do corpo docente era da Raça Dourada, mas também incluía Mestres Ascensionados como Toth, e Mestres das Plêiades, Arctúrio, Andrômeda e Sírius A e B. As pessoas da Raça Douradas eram altas, chegando a 9 a 12 pés de altura, segundo os padrões de medida de hoje. Eram descendentes diretos dos Mestres Pleiadianos, e eram muito gentis, seres pacíficos de inteligência e ressonância extremamente altas.

O Templo do Uno propriamente dito estava localizado em um monte granítico situado na parte norte de Poseida, em um santuário de sacerdotes cientistas, os Atla-Ra. O Templo do Uno foi construído de acordo com uma dinâmica muito especial e única de geometria sagrada, e sua localização foi cuidadosa e especificamente escolhida por seu campo de energia natural e alinhamentos com a grade celeste. O Cristal de Om ficava situado no centro deste Templo impressionante. Ele não se assentava numa base; na verdade as duas pontas do Cristal de Om são anguladas formando pontas. Ele era mantido em suspensão dentro de uma série de anéis giratórios que o circundavam de forma esférica. Estes eram feitos de liga metálica, que condensava um campo antigravitacional que suspendia o cristal. O aparato inteiro podia ser inclinado para alinhamentos celestes específicos. O próprio cristal atraía e emitia o campo plasmático de plasma antigravitacional. Sons, tons puros, eram usados tanto para ativar aspectos desejados do Cristal, quanto para calibrar a densidade necessária do plasma. Tons variados e as densidades plasmáticas correlacionadas criavam oscilações específicas de cores dentro do campo antigravitacional. O Cristal propriamente dito brilhava num tom prateado que, em certos ângulos e intensidades, mudava para uma tonalidade violeta-branco- platina. Os adeptos de Atla-Ra eram capazes de utilizar o Cristal de Om para o que é chamado de viagem dimensional e viagem no tempo. Ele servia como um porto celeste cósmico. Na verdade, ele vai ampliar a capacidade dos seres humanos de buscar a viagem no astral e muito além. O Monte Shasta já é bem prolífico nesta capacidade. Realmente, o Cristal de Om vai aumentar exponencialmente o potencial para todos os que buscam esta experiência.

MATEMÁTICA DE BASE DOZE

Enquanto o corpo cilíndrico do cristal tem 144 faces, alternadamente convexas e côncavas, as suas duas pontas são diferentes. A ponta da base tem 1728 faces, e a ponta de cima tem 12 faces. Portanto, temos a seqüência de 12, 12 ao quadrado [144] e 12 à terceira potência [1728], pois os atlantes e Atla-Ra usavam o sistema matemático de base 12.

Vocês podem se surpreender ao saber que a conversão para a matemática de base dez, que ocorreu na maioria das sociedades depois da queda da Atlântida, foi escolhida porque os seres humanos contam com seus dez dedos! As exceções foram os sumérios e os maias que usavam respectivamente as bases 60 e 20. É interessante notar que os seres humanos ainda medem o tempo com os remanescentes duodecimais da Base 12 Atlante. Vocês não contam suas horas em fases de 12, assim como os meses do ano?

Vamos lhes dizer que, no futuro, a espécie humana vai mudar a base do sistema matemático para se alinhar mais estreitamente com os ciclos de mudanças do tempo. Já lhes dissemos que a seqüência do tempo está se acelerando devido à proporção alterada entre o giro do centro interno e a rotação da Terra. As unidades de ciclos de tempo acontecem mais rapidamente agora, e não mais em alinhamento. Seus ciclos são mais rápidos, mas sua medição ainda não mudou.

Agora, como falamos sobre a aceleração do ciclo do tempo e a necessidade de converter o sistema matemático para uma base duodecimal, o canal pôs em dúvida a validade atual das datas de números triplos, que lhes dissemos antes que são portais numéricos que ativam as faces mais importantes do dodecaedro da grade 144.

ATIVAÇÃO DA GRADE CRISTALINA 144

Antes de responder, vamos revisar o processo de ativação da Grade Cristalina-144. A grade é de uma geometria complexa, um duplo pentadodecaedro que, através de uma forma específica, inclui 144 faces pentagonais e triangulares em uma matriz cristalina simétrica. O duplo pentadodecaedro é estrelado, o que significa que cada uma das doze faces principais eleva-se no centro para formar pirâmides de cinco lados. Portanto existem 12 pirâmides pentagonais. Cada face é contada tanto na base quanto na porção elevada em forma de pirâmide. Então se considerarmos que cada superfície contém 5 triângulos isósceles e um pentágono, teremos 72 faces. Além disto, cada um dos doze aspectos estrelados tem 5 triângulos e 5 pirâmides laterais, assim combinamos as porções estreladas e as de superfície para chegar ao Número Mestre freqüencial de doze ao quadrado – 144. Entendem?

Agora, o aspecto das datas triplas é muito interessante. Depois do milênio, existe uma seqüência única de datas que acontece entre 2001 e 2012. As datas triplas são freqüências numéricas que ocorrem unicamente neste formato abreviado, que ocorrem seqüencialmente por doze anos como:

· 1 de janeiro de 2001, 1-1-1
· 2 de fevereiro de 2002, 2-2-2
· 3 de março de 2003, 3-3-3
· 4 de abril de 2004, 4-4-4
· 5 de maio de 2005, 5-5-5
· 6 de junho de 2006, 6-6-6
· 7 de julho de 2007, 7-7-7
· 8 de agosto de 2008, 8-8-8
· 9 de setembro de 2009, 9-9-9
· 10 de outubro de 2010, 10-10-10
· 11 de novembro de 2011, 11-11-11
· 12 de dezembro de 2012, 12-12-12

A importância da grade é que a freqüência de cada portal de data tripla está programada para ser um ‘disparador da ativação’ de uma das 12 principais placas de base da superfície dos dodecaedros da grade. Conseqüentemente, este axioma infere que a Grade Cristalina 144 é posta em funcionamento um doze avos por ano, de 1o de janeiro de 2001 a 12 de dezembro de 2012, quando ela atinge o ‘input’ total programado. No intervalo entre 13 de dezembro e 20 de dezembro, ela integra a total programação, e no solstício de inverno de 21 de dezembro de 2012 [solstício de verão, no hemisfério sul], ativa totalmente a anunciada e profetizada Ascensão. Neste aspecto, uma peça-chave do que acontece nas datas-portais de freqüência tripla relaciona-se com o alinhamento da ‘rede-humana’ com a Grade Cristalina 144. É por isto que estas datas estão sendo reconhecidas pelos sensitivos como datas importantes para reuniões de alinhamento espiritual por todo o planeta. Na verdade, não são os alinhamentos astrológicos específicos que fazem com que estes portais de data tripla sejam especiais, mas sim a vibração dos próprios números que se correlacionam com a Grade 144.

Este movimento também está impelindo a renovada hélice de 12 filamentos do Disco Solar a restaurar um projeto esquemático na Grade 144, que fornece o que se pode chamar de programação do DNA das faces pentagonais do pentadodecaedro duplo.

Bem, nós não nos esquecemos da questão levantada pelo canal sobre a validade atual das datas de número triplo, quando se levam em conta a aceleração dos ciclos de tempo e a necessidade de uma medição matemática de base duodecimal. A resposta é a seguinte: sua medição do retorno solar já se baseia aproximadamente no 12, pois é um sistema de 12 meses. E a conta das datas triplas também é uma conta de 12, pois existem 12 destas datas. Então, resumindo, os portais de datas triplas são válidos, sim.


 

A VELOCIDADE DA LUZ ESTÁ CRESCENDO

Mas vamos acrescentar a advertência de que o aceleramento total da própria Grade 144, em 21 de dezembro de 2012, vai realmente aumentar a disparidade, a diferença entre a aceleração dos ciclos de unidade de tempo e a medição que vocês fazem deles. Pois a conclusão da nova grade não só acentuará a proporção da seqüência de tempo entre o giro interno e a rotação externa do planeta, mas também permitirá que uma velocidade maior de luz banhe o planeta. A velocidade da luz passará de aproximadamente 186.000 mps – velocidade atual – para mais de 210.000 mps

Parte desta aceleração da luz será uma contribuição da ativação dos cristais atlantes. Especialmente o Cristal de Om de Shasta e o Cristal Sol-Lua de Luz do Titicaca afetarão a velocidade da luz. Ambos serão ativados em 2009. Quando todos estes cristais forem ativados e ligados em rede em 2012, o efeito será prolífico, embora esse ciclo não vá alcançar seu ápice antes do seu ano de 2020, porque um dos cristais ativados na décima segunda fase do 12-12-12 – especificamente o Cristal de Fogo de Bimini – vai requerer uns oito anos para sua total ativação.

Agora vamos acrescentar que ao mesmo tempo em que existem nove cristais onipotentes que foram re-locados de Atlântida, existem outros que já estavam em locais específicos e que não necessitaram de mudança. Alguns destes permaneceram num estado de semi-adormecimento e outros num estado de disfunção. Estes cristais voltarão ao seu poder total em 2012, impelidos pela reativação da Rede Cristalina. Agora estes, com exceção das unidades cristalinas de Roslyb, Sri Lanka e Tibet, não são tão grandes, tão tecnicamente complexos nem tão onipotentes quanto os nove originalmente localizados em Poseida. Os principais deles estão situados nos seguintes locais:

· Tibet
· Lago Baikal, Rússia
· Roslyn, Escócia
· Arafat, Turquia
· Giza
· Montserrat, Espanha
· Sri Lanka
· Bali
· Pólo Sul
· Pólo Norte
· Havaí
· Japão

Existem também cristais secundários, ou o que se pode chamar de cristais satélites, em muitas outras localidades, incluindo Tasmânia, Nova Zelândia, Glastonbury, Argentina, Canadá, Himalaia, Tanzânia, França, Grécia, Cidade do Cabo, Chile, Arizona, Ilha de Páscoa, Moscou e Groelândia, para citar alguns. Estes são menores em dimensão e capacidade, contudo estão conectados com os cristais principais e são uma parte intricada da rede. Eles recebem energia da transmissão da freqüência radiônica axiotonal das unidades cristalinas principais, da qual dependem, de alguma forma.

ATIVAÇÃO DO CRISTAL DE OM

De certo modo, estes cristais são parecidos com os seus sistemas de computadores, é lógico que exponencialmente muito mais complexos e potentes, mas existem certas semelhanças em suas funções. Cada um dos cristais grandes passará por algo semelhante a uma reprogramação e um reiniciar [reboot]. Estes processos de programar e reiniciar são específicos do aumento da freqüência e do acesso dimensional da matriz da Terra. Não está acontecendo com os aspectos dos cristais e sua rede superior, que existem em outros aspectos de multidimensionalida de, entendem? Num certo sentido, o que está ocorrendo é uma re-formatação para a mudança da matriz da Terra.

A lua nova de 30 de agosto de 2008 começará a formatação e programação do Cristal de Om. Este processo levará um pouco mais de 12 meses, para este cristal complexo. Ele passará pelo que se pode chamar de uma fase de aquecimento, um estágio de ociosidade, com programações específicas em períodos astrológicos chave, incluindo 10 a 13 de setembro de 2008, equinócios de 21 de setembro de 2008, 21 de março de 2009 e 21 de junho de 2009, e o eclipse total da lua em julho de 2009. Ele será ativado em 25% do seu poder na data-portal tripla de 9-9-9.

Entre 10 e 13 de setembro de 2008, haverá um conjunto de cinco septis astrológicos, sendo que o mais importante será o de Saturno-Quíron. Este será um importante Portal de Conexão, e Saturno facilita a materialização. A importância disto para o Cristal de Om é que o ângulo de um septil é de 51 graus, exatamente o ângulo das grandes pirâmides e do próprio Cristal de Om. Durantes essas fases de aquecimento anteriores à ativação, é bom que a humanidade direcione seus alinhamentos para o Cristal de Om. Não é para os seres humanos alinharem ou ancorarem o cristal propriamente dito, mas para alinharem a si mesmos com a energia do cristal através do processo de visualização e enviando vibrações de amor.

UTILIZANDO O CRISTAL DE OM

Agora, muitos de vocês poderão perguntar: ‘Que efeito o Cristal de Om e, na verdade, a própria Ascensão, terão sobre mim? Como a mudança da terceira para a quinta dimensão me afetará?’ O efeito será uma sensação de unidade. Não haverá uma sensação tangível de diferenciação entre as freqüências da terceira e quinta dimensões, mas uma espécie de fusão entre ambas. Vocês terão uma sensação maior de bem-estar, uma sensação de serem mais amparados, e realmente, de sustentação interna. Ao entrarem em contato com o Cristal de Om, vocês terão uma sensação maior de equilíbrio, sentir-se-ão mais unidos aos seus aspectos multidimensionais, e também nos seus aspectos da fisicalidade. À medida que as dimensões se fundirem, a mente acessará mais livremente seus próprios aspectos compartimentados. Haverá menos dúvidas, menos sensação de perda e fragmentação, menos questionamento interno sobre o que é certo e o que não é. A mente ficará unificada, mais integral. Existirá menos polaridade, propriamente dita, dentro da dualidade. Mas isto não quer dizer nenhuma dualidade, nenhuma polaridade. Há quem diga que a Ascensão vai acabar com as guerras, com a fome, com as lutas e a ganância, mas este não é o caso. No entanto, Queridos, tudo isso vai diminuir visivelmente, o grau de oscilação entre os extremos da dualidade será menor. O movimento pendular entre os extremos vai oscilar muito pouco. As escolhas serão mais claras, os caminhos mais sucintos. O caminho da impecabilidade para cada um de vocês que escolher utilizar o Om, que buscar ativa e fervorosamente sua própria Ascensão, será mais óbvio para si do que é atualmente. Num certo sentido, um novo paradigma, um novo sistema de Conhecimento estará à disposição de vocês e se oferecerá para todos que o procurarem.

O efeito, então, será que vocês acharão mais fácil estar totalmente presentes no AGORA. E o AGORA, o momento eterno do presente AGORA é o sustentáculo do poder. Do ponto de vista tridimensional pode parecer paradoxal que, quando as várias facetas do aspecto multidimensional se fundem, adquire-se um foco maior dentro da dualidade. Mas é assim. E é assim porque a inteireza da multidimensionalida de é que traz a natureza integral do seu eu verdadeiro, e dentro dessa inteireza está o seu eu causal, e aí existe mais claramente a Verdade Universal. Dentro do Agora do tempo multidimensional e da consciência geométrica, vocês são mais criativos, têm mais poder e são menos afetados. Nesse campo geométrico, vocês não são afetados por questões inconvenientes, por estresse, por problemas. Vocês estão no campo da solução, da resolução, entendem? Estão no painel de controle das suas experiências.

Existe trabalho a ser feito? Sim, claro. Mas a sintonia com o Om, com as dimensões superiores, com a dimensionalidade, oferece as ferramentas da maestria. Muitos de vocês têm a idéia de que a alma está ‘em repouso’ do outro lado daquilo que chamam de véu. Seus epitáfios são inscritos com ‘Descanse em Paz’. Queridos, existe paz, mas ela vem através do trabalho. A Ascensão para o reino celeste, a Escada de Jacó, na sua metáfora, não é estática! Queridos, ou vocês estão se movendo para cima, ou escorregando para baixo; é um ou outro. Da forma como foi projetada, a consciência nada rio acima ou é levada rio abaixo pela correnteza. A consciência não é estacionária! Então, nós não oferecemos nenhuma esperança para os letárgicos. Quer dizer que seu conceito de descanso eterno está ligeiramente errado. Entretanto, viajando no interior de si mesmo, cada um de vocês descobrirá a unidade da sua própria consciência com outras consciências. Descobrirá que amor e energia multidimensionais carregam a consciência com energia e movimento dinâmicos belíssimos para todas as coisas. Isto revigorará o EU; não o levará a querer dormir nos proverbiais degraus de mármore do Portão do Céu. Em vez disto, o inspirará a assumir um papel melhor no trabalho da criação. Pois realmente existem ‘pacotes de energia’ que lhe oferecem um impulso extraordinário, à medida que você ascende a cada novo nível.

A consciência está sempre se expandindo, e assim em cada nível ainda existe um outro mais elevado para o qual ascender. E embora do seu ponto de vista tridimensional da dualidade isto possa parecer aborrecido, não é. Isto não poderia estar mais longe da verdade. Na realidade, o crescimento em consciência é embelezado em correntes vitais de intensa alegria, tal é a natureza da consciência, tal é a compleição e a índole da ‘Primeira Causa’. Realmente existem pontos de revisão, pontos de recarga, mas estes não são pontos de estagnação. Na verdade, há muita atividade e profundo valor neles.

Queridos, o grande Cristal de Om, da Multidimensionalida de, oferece uma energia incrível, que uma vez disparada em 9-9-9, provocará uma infinidade de efeitos na Grade Cristalina e na própria Ascensão. A capacidade de entrar em contato com essa energia depende, em grande parte, do quociente de luz de cada indivíduo. Seus efeitos iniciais serão sutis, e se transformarão gradualmente a cada ano. Ele vai estar realmente em total atividade até 12-12-12.

Eu sou Metatron e vocês são Amados!

E assim é.
 


Protegido por direitos autorais – Todos os direitos reservados. Os direitos autorais das informações acima e da canalização de Tyberon são da Earth-Keeper. Com. Este material pode ser distribuído e compartilhado, com o conhecimento do autor e dos que mantêm os direitos autorais. Não deve ser re-impresso sem a permissão do autor. Qualquer dúvida, entre em contato com Tyberonn@Earth- Keeper.com  ou Tyberonn@hotmail. com 

Fonte: http://spiritlibrar y.com/earth- keeper/earth- keeper-chronicle s/the-om- crystal-of- shasta

Tradução: Vera Corrêa veracorrea46@ ig.com.br

 

Anúncios

5 comentários em “Canalização de Metraton, por Tyberonn

  1. Era tudo que eu precisava, pra ter certeza que estou no caminho certo, não sei como mas sei que sou um atlante e vou estudar bastante este texto para no momentoi certo me conectar com a energia do cristal de Om. Muito obrigado!

  2. Oi amigos
    Gostaria de saber onde está localizado o Cristal Dourado da Cura e Regeneração 9-9-9 (Minas Gerais), onde em M.G. È perto de São Tomé das Letras ? Alguem poderia me dizer onde ?
    Gratidão
    Tania

  3. .INTERESSANTE E UMOITTANTE O TEXTO MAS PARA A PRATICA AWEU DIOM INFOTMAR AONDE É LOCALIZAÇÃO DE MINAS E BAHIA ONDE ; E ASSIM PODERNIS UTILIZAR A FREQUE,NCIA VIBTRATORIA OARA EXPANSÃO DA CONSCIENCIA, FOTRE E FRATERNO ABRAÇO ANDERSONITVB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s